A Revista FOSSGIS Brasil é um projeto que esteve ativo entre os anos de 2011 e 2012, e dentro desse período realizou 6 publicações. Caso você não conheça esse trabalho, ainda é possível baixar as edições no site da revista. Apesar do tempo, muitos dos artigos ainda continuam atuais, por isso incentivo a leitura.


Edições da Revista FOSSGIS Brasil


Em Outubro de 2018 recebi um email de Sterling Quinn, Professor de Geografía na Central Washington University (CWU), me dizendo que estava pesquisando o uso e a história do FOSSGIS na América do Sul, e que nas suas pesquisas tinha encontrado a Revista FOSSGIS Brasil, lido e achado muito bem organizada e útil.

Sterling me falou que estava escrevendo um artigo e perguntou se eu não gostaria de compartilhar algumas informações sobre minha experiência com a compilação e edição da revista. Eu prontamente atendi seu pedido, e trocamos alguns email sobre alguns detalhes da Revista.


Slide inicial – Apresentação no FOSS4G North America


Esse artigo escrito pelo Sterling virou uma apresentação que ele intitulou de: “Geospatial FOSS advocacy: What North America can learn from South America” e foi apresentada no dia 17 de abril em San Diego (Califórnia), no evento FOSS4G North America (foss4g-na), edição local do FOSS4G realizada todo ano (desde 2013) nos Estados Unidos. Na apresentação foram elencados os seguintes tópicos:

  • O sentimento de querer fazer uma revista puramente sobre software livre
  • Os esforços da equipe para produzir uma revista digital gratuita, on-line e de alta qualidade
  • O formato da revista: que incluiu de 40 a 60 páginas de tutoriais, sumários de software, entrevistas e uma galeria de mapas
  • O fim da revista: a dificuldade de manter o ritmo de produção
  • A importância das edições on-line da revista como recurso para a comunidade FOSSGIS em língua portuguesa
  • A importância da revista como um alto padrão para pessoas que querem fazer publicações semelhantes no futuro

Gostaria de agradecer ao Sterling pelo artigo, e dizer que fico extramente lisonjeado em saber que um projeto idealizado por mim, e abraçado por tantos amigos que admiro, e que foi apresentado como referência na América do Sul em um evento que considero tão importante (o mais importante na minha opinião, quando se fala de Open Source GIS) nos Estados Unidos.

Só tenho a agradecer a todos que participaram desse projeto junto comigo e fizeram dele essa referência no Mundo FOSSGIS.